BOUTIQUE FEMININA MULTIMARCAS casual e festa. Aqui você encontra tudo sobre tendências, fashionismos, dicas e inspirações de moda. Além de looks maravilhosos!

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Eu receberia as piores notícias dos seus lindos lábios

Já falei por aqui que adoro filme brasileiro e quando fui convidada para assistir a pré estreia desse filme com nome super curioso fiquei animada! Camila Pitanga, Gustavo Machado (casal de protagonistas) e Beto Brant (diretor) super simpáticos, abriram a sessão falando um pouco de como foi a experiência de fazer o filme deixando todo mundo ancioso pra comecar logo! Indico viu galera!


Camila Pitanga para o site Zero Hora: "Este filme é um ponto de chegada no caminho que percorro há anos. É como se eu tivesse aperfeiçoado meu trabalho para alcançar este ponto. Não é todo projeto que convida o ator a ir tão fundo num personagem. Eu Receberia... fez eu me sentir artista. Me fez entender que podia ir além do que eu já havia feito. O que eu mais temia neste filme, que era a mudança radical da personagem, na parte final, foi o mais simples. É que eu achava que teria de buscar referências na minha vida (na experiência que a mãe de Camila teve num manicômio), mas achei o tom ao me livrar das memórias e entrar 'virgem' na experiência da personagem. Um desafio do ator é dar frescor ao papel. Isso está mais no teatro e na tevê, que vivenciamos diariamente. No cinema, alcançar esse frescor talvez seja mais difícil, porque ensaiamos, repetimos, buscamos algo até encontrar. Aí é preciso reencontrar, de maneira mais intensa, na hora do 'ação'."


Lavínia vive numa pequena cidade amazônica na qual seu marido Ernani é referência religiosa. Cauby, que narra a história assumindo o papel de protagonista masculino, é um forasteiro que aparece para fotografar a região e faz dela a sua musa. O caso dos dois tira a mulher do estado de torpor e revira fantasmas de seu passado, que incluem uma vida marginal no Rio de Janeiro e a revelação de uma instabilidade emocional agora mascarada pela vida pacata no interior. O amor, para Lavínia, sempre foi uma maneira de escapar de um contexto perverso – o que justifica a intensidade do sexo com Cauby.

2 comentários:

  1. Já quero ver! Adoro filmes!

    Kissus

    Luh Guedes
    @luhguedes
    http://www.devaneiosdeumacamaleoa.com

    ResponderExcluir